migração para cloud computing

Historicamente, a tecnologia de computação em nuvem utilizada pelas grandes empresas não estava disponível para as instituições menores. O investimento da migração para cloud computing era alto demais e apenas as gigantes do mercado tinham capital para aplicar em infraestrutura de TI.

No entanto, isso agora é passado. Cada vez mais pequenas e médias empresas estão adotando essa solução com o objetivo de otimizar a área tecnológica. Embora a pandemia tenha maximizado essa demanda por transformação digital, antes mesmo da crise os gestores já estavam virtualizando a infraestrutura de TI.

Para se ter uma ideia, dados de uma pesquisa da Veritas, divulgada em 2019, nos revela que 70% dos CIOs planejavam adotar a computação em nuvem nos próximos anos. 

Por sua vez, o momento atual acelerou ainda mais a busca por inovação, especialmente por conta do trabalho remoto e híbrido, que expôs a necessidade das pequenas e médias empresas contarem com tecnologias dinâmicas, flexíveis e personalizáveis.

Nesse sentido, a migração para cloud computing permite que organizações de variados portes façam negócios em larga escala a um custo mais baixo, ao mesmo tempo em que melhoram a qualidade do serviço. 

Os desktops hospedados na nuvem, por exemplo, ajudam a tornar negócios e a infraestrutura TI mais simples, rápidos, seguros e produtivos.

Contudo, o quesito de segurança é justamente um ponto que impede muitas organizações de prosseguir com seu projeto de migração para nuvem. Afinal, o cloud computing é seguro ou não? O que pode ser feito para aumentar a segurança durante a migração?

Confira a seguir as respostas para estas perguntas e acabe com todas as suas dúvidas relacionadas à migração para cloud computing. 

Leia também: Garanta mais segurança e produtividade com um servidor em nuvem para pequenas empresas

Quais são os benefícios de adotar as soluções em nuvem?

Antes de citarmos algumas medidas que maximizam a segurança das empresas durante e após a migração para cloud computing, precisamos pontuar alguns benefícios que essa solução oferece.

Na prática, as ferramentas em nuvem permitem virtualizar toda a operação de TI, o que inclui arquivos, softwares, documentos e outros fluxos internos.

Com isso, essas iniciativas oferecem uma série de benefícios às empresas, como:

  • Redução de custos com manutenção e sustentação dos servidores fixos;
  • Aumento da produtividade de toda a empresa;
  • Escalabilidade para os negócios;
  • Melhorias no atendimento ao cliente e relacionamento com o mercado;
  • Eficiência da operação;
  • Sustentabilidade para crescimento a longo prazo.

Veja também: 5 sinais que chegou a hora da sua empresa recorrer à migração para a nuvem

7 dicas simples para garantir a segurança na migração para cloud computing 

A migração para cloud computing é semelhante à uma mudança de casa, isso porque não é um processo que leva apenas um dia. 

É necessário planejar com antecedência todas as etapas da transição, para que ela aconteça da forma mais organizada e sutil possível, assim como para garantir que o ambiente e os ativos mais valiosos fiquem protegidos. 

Neste aspecto, é importante reforçar que a nuvem é uma das tecnologias mais seguras que existem, principalmente se comparada com os servidores físicos. 

Entretanto, isso não significa que as empresas não estejam sujeitas a vulnerabilidades durante ou após a migração, por essa razão, é preciso adotar alguns cuidados básicos. Confira abaixo:

1 – Entenda o modelo de Responsabilidade Compartilhada

O primeiro passo para garantir a segurança durante a migração para cloud computing é entender o modelo de Responsabilidade Compartilhada

Isso significa que, enquanto os servidores são responsáveis pela proteção do serviço, fica a cargo da empresa as configurações de segurança e a garantia de que quaisquer dados que entrem e saiam da nuvem estejam protegidos.

Para simplificar o projeto de migração para nuvem, é importante encontrar um fornecedor que ofereça recursos e serviços para garantir os aspectos de segurança da nuvem pelos quais você é responsável. 

Estes serviços são nativos da nuvem e, muitas vezes, incluem medidas de proteção e conhecimentos mais robustos do que a sua equipe interna é capaz de oferecer. 

2 – Escolha o provedor de nuvem com cuidado

Como citado, o provedor de nuvem possui um papel bastante importante para o seu negócio, por isso, deve ser escolhido com muito cuidado. 

Antes de fechar uma contratação, analise a experiência do fornecedor, ferramentas oferecidas, suporte disponível, habilidade técnica do time e os tipos de serviços dispostos. 

Além disso, não deixe de observar a facilidade de uso da infraestrutura em nuvem, planejamento de migração e as opções de segurança já oferecidas pelo fornecedor, como backups e planos de recuperação de desastres. 

Quanto mais criteriosa for a sua escolha, mais garantia de assertividade e, consequentemente, bons resultados, você terá. 

Leia também: 5 razões para contar com suporte técnico de TI da add it Cloud Solutions!

3 – Saiba quais são os processos legais de conformidade

O terceiro passo da jornada cloud é entender quais são os requerimentos de conformidade legal para a migração para cloud computing, como os requisitos da LGPD. 

Esse ponto é especialmente importante se a sua empresa faz parte de uma indústria altamente regulamentada, como a saúde ou o comércio. 

Você deve determinar como atender aos requisitos da legislação de modo efetivo, minimizando os riscos de sanções legais.

4 – Centralize o gerenciamento de toda a infraestrutura

É importante, também, centralizar o gerenciamento e o uso das ferramentas de segurança para a migração para cloud computing. Fazer isso facilitará o trabalho de segurança, que deve continuar mesmo depois da migração completa. 

A centralização do gerenciamento pode auxiliar na identificação e resposta a ameaças e vulnerabilidades de forma mais rápida e consistente.

Em suma, as medidas de segurança devem ser construídas na estratégia de migração para cloud computing, que pode variar dependendo do tipo de nuvem escolhida e do fornecedor. 

O monitoramento preventivo e constante de todos os ativos após a migração é, também, um processo essencial para garantir a segurança.

5 – Faça testes antes de desativar totalmente as tecnologias locais

Algo que minimiza qualquer tipo de vulnerabilidade que as empresas possam sofrer com o processo de migração para a nuvem são os testes. 

Entender qual será a maneira que a nova tecnologia funcionará e como será a adesão dos seus colaboradores é essencial antes de desativar totalmente os servidores físicos. 

Por isso, no seu planejamento de migração, já reserve um período para testes de todas as ferramentas, com os usuários ativos e arquivos e softwares “upados”, analisando toda a infraestrutura e identificando qualquer tipo de gargalo.

6 – Cuidado com erros clássicos

Além dos aspectos citados, existem alguns erros clássicos que afetam a migração para a nuvem, como não ter um planejamento detalhado e não envolver toda a operação desde o começo do processo.

Nesse sentido, se coloque em uma posição mais preventiva e fique atento a algumas falhas clássicas que podem comprometer a efetividade da sua empresa e a segurança da operação.

7 – Oriente adequadamente o seu time

Por fim, o cuidado com a segurança não deve ser aspecto fundamental apenas na implementação das soluções em nuvem, mas também depois disso, no cotidiano das equipes.

Por isso, tenha um planejamento de segurança interno, com algumas medidas necessárias para proteger todo o negócio, como backups frequentes e análises automatizadas das atividades na rede. 

Além disso, oriente adequadamente o seu time sobre todas as normas e padrões internos, assim como a respeito do funcionamento da tecnologia, de modo a evitar que erros exponham a empresa a vulnerabilidades. 

Você pode se interessar por: Como fazer backup na nuvem com segurança e agilidade

Segurança na migração para cloud computing com a add it!

Com mais de 20 anos de experiência com soluções de tecnologia da informação e nuvem, oferecemos serviços completos de nuvem privada e híbrida, com implementações totalmente personalizadas e seguras. 

Contamos com um time de especialistas técnicos completamente preparados para atender às suas necessidades e oferecemos suporte 24x7x365. As nossas soluções são flexíveis, dinâmicas e possuem alta disponibilidade, garantindo total eficiência ao seu negócio. 

Invista na migração para a nuvem com a add it, um fornecedor experiente e com estratégias de segurança comprovadas e regulamentadas pela LGPD. Converse com nossos especialistas e descubra qual é a solução ideal para o seu negócio.

Tags:

Comments are closed

Iniciar chat
1
Eu não sou um robô!
Oi, eu estou aqui no Whatsapp se você quiser falar!