O mundo dos negócios tem exigido das empresas infraestruturas mais robustas, especialmente quando nos referimos à gestão de TI. Não é por acaso que muitas organizações têm adotado soluções em nuvem com o objetivo de alcançar melhor desempenho tecnológico.

Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa realizada pela PwC, 74% das corporações estão implementando ferramentas em nuvem, enquanto 56% das empresas enxergam essas soluções estratégicas para o crescimento dos negócios.

Outro ponto que vem influenciando a adoção dessas tecnologias é, sem dúvidas, a ascensão do trabalho remoto e híbrido. Organizações de todo o mundo buscam maneiras mais flexíveis de manter o controle da operação, sem deixar de lado aspectos importantes da gestão de TI, como segurança e estabilidade.

Nesse cenário, o cloud solutions é uma ótima opção. Por sua vez, essa tecnologia oferece um leque de possibilidades para as empresas, como é o caso da nuvem privada com arquitetura de rede flexível, também conhecida como NAT. Veja abaixo o que é e como adotar.

Você pode se interessar: Competitividade empresarial: 3 desafios solucionados por meio da tecnologia

O que é o NAT?

De maneira geral, o NAT é sigla para Network Address Translation ou Tradução de Endereço de Rede, em português. Ou seja, trata-se de uma espécie de “conector” entre diferentes tipos de redes, que “traduz” informações de um IP para outro.

Isso significa que o NAT consegue permitir que uma rede privada acesse uma rede pública sem sobrecarregar os endereços de IP disponíveis para acesso à internet. 

Mas como isso ocorre? Simples! Uma empresa, por exemplo, possui uma rede privada, com isso, o NAT traduz todos os IPs dessa rede em um único IP público para permitir que os computadores acessem a internet.

Quais são os benefícios da nuvem privada com arquitetura de rede flexível?

Como visto, o NAT permite conectar diversos computadores em uma só rede para acessar informações públicas. Na solução de nuvem privada, esse recurso viabiliza a construção de uma arquitetura de rede muito mais flexível e personalizável.

Nesse aspecto, as empresas conseguem atingir determinados benefícios na gestão de TI, como:

  • Maior estabilidade;
  • Segurança da informação;
  • Facilidade no gerenciamento;
  • Automação na gestão de TI;
  • Escalabilidade.

Como implementar uma gestão de TI mais robusta com a nuvem privada?

Para implementar uma nuvem privada com arquitetura de rede flexível, é fundamental realizar um planejamento robusto, que considere o mapeamento de toda a infraestrutura do seu negócio.

Com base nisso, é preciso estabelecer um fluxo de migração da rede, com a definição de quais recursos e arquivos serão transferidos para a nuvem, acessos necessários, período e o quanto esse processo vai afetar o cotidiano da empresa.

Outro ponto fundamental é contar com um parceiro experiente, que seja capaz de te ajudar em todos os fluxos de implementação, assim como configuração da rede e sustentação dessas tecnologias.

Veja também: 4 mitos que contam sobre o servidor em nuvem

Conte com a add it Cloud Solutions!

Você quer implementar uma nuvem privada flexível e totalmente personalizável para maximizar a eficiência da gestão de TI do seu negócio? A add it Cloud Solutions pode te ajudar!

Somos uma empresa com mais de 20 anos de experiência no mercado e oferecemos soluções completas de Computação em Nuvem, Infraestrutura de TI e Segurança Cibernética.

Com expertise e serviços inovadores, garantimos ao seu negócio alta estabilidade e proteção aprimorada. Além disso, nossas soluções são orçadas em moeda brasileira, o que garante à sua empresa previsibilidade, visto que não existem surpresas com tarifas ou variações cambiais.

Você quer conhecer mais sobre as nossas soluções? Entre agora mesmo em contato com a add it! Estamos prontos para te ajudar!

Tags:

Comments are closed

Iniciar chat
1
Eu não sou um robô!
Oi, eu estou aqui no Whatsapp se você quiser falar!