tipos de backup

Com a necessidade de manter os seus arquivos e dados protegidos, as empresas precisam adotar um processo robusto de backup na nuvem. Para isso, porém, é necessário conhecer os tipos de backup mais comuns, suas características e como ele é implementado na operação.

De modo geral, o backup em nuvem pode ser definido como uma “cópia de segurança” das informações de uma empresa em um servidor externo, desconectado do principal. Esse tipo de iniciativa garante melhor proteção e fácil recuperação dos dados em casos de emergências.

Além disso, traz benefícios como:

  • Disponibilidade das informações;
  • Adequação às leis de proteção de dados (como a GPDR e a LGPD);
  • Redução de custos com impactos negativos e sanções legais de perdas de dados;
  • Diferencial competitivo;
  • Melhor relacionamento com os stakeholders. 

Embora seja um processo fundamental, muitas organizações têm dificuldades em implementar boas práticas de backup em nuvem. Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa da Dell Technologies, 58% dos gestores entrevistados não estão confiantes de que estão cumprindo com os seus objetivos de backup e recuperação.

Por outro lado, 65% das empresas não acreditam que possam recuperar os dados após um incidente, enquanto 67% disseram que não conseguiriam recuperar informações essenciais para os negócios depois de um ataque cibernético grave.

Para te ajudar a mitigar esses riscos e garantir práticas robustas de segurança, separamos abaixo os principais tipos de backup em nuvem que você deve conhecer. Continue com a sua leitura e confira. 

Leia também: Como fazer backup na nuvem com segurança e agilidade

3 tipos de backup em nuvem que precisa conhecer

Dentre os principais tipos de backup em nuvem estão:

1. Backup completo

Conhecido como backup full, o backup completo é caracterizado pela cópia integral de todos os arquivos disponíveis no servidor para um local de armazenamento externo. 

Esse tipo de backup demora mais para ser realizado e, por trazer todos os dados, também necessita de um maior espaço de armazenamento. Por essa razão, é uma iniciativa feita de maneira periódica e, frequentemente, combinada com outros tipos de backup.

A sua grande vantagem, sem dúvidas, está na sua capacidade de reproduzir com exatidão todos os arquivos copiados, garantindo uma maior proteção de dados e recuperação fidedigna caso algum evento adverso aconteça.

2. Backup diferencial

Já o backup diferencial consiste no armazenamento dos dados alterados após o último backup completo. O que isso significa? Lembra-se que falamos que os backups completos, geralmente, são realizados de maneira periódica? Pois bem. 

Durante esse intervalo, porém, algumas informações precisam ser preservadas para garantir maior segurança na operação. O backup diferencial permite isso. Desse modo, os gestores conseguem analisar as alterações feitas em um arquivo de maneira simples, rápida e efetiva, assim como restaurar alguma versão anterior em casos de erros.

3. Backup incremental

O backup incremental é bastante semelhante ao diferencial, no entanto, é realizado uma cópia de segurança das alterações dos arquivos desde o último backup, independentemente qual tenha sido. 

Embora seja um processo rápido e simples, a restauração é um pouco mais demorada e, se não for realizada devidamente, fica mais suscetível a erros ou gargalos.

Você pode se interessar: 6 razões para implementar o backup na nuvem

Conte com a add it Cloud Solutions!

Para maximizar a segurança da sua empresa, oferecemos a solução de Backup Cloud. Com mais de 20 anos de experiência no mercado, somos especializados em serviços na nuvem, segurança cibernética e infraestrutura de TI. 

Por meio das nossas iniciativas de Backup Cloud, garantimos à sua empresa:

  • Backups periódicos e automatizados;
  • Combinação de diversos tipos de backup de acordo com as necessidades da sua organização;
  • Recursos de criptografia para segurança de todo o processo de backup e armazenamento dos arquivos;
  • Recuperação rápida de informações importantes;
  • Alta disponibilidade e otimização da infraestrutura de TI;
  • Redução de tempo e recursos.

Quer saber mais? Acesse agora mesmo e entre em contato conosco.

 

Tags:

Comments are closed

Iniciar chat
1
Eu não sou um robô!
Oi, eu estou aqui no Whatsapp se você quiser falar!