infraestrutura em nuvem

A pandemia do coronavírus exigiu uma resposta rápida e eficiente por parte das companhias, visando mais mobilidade operacional, redução de custos e garantia de agilidade dos processos. Essas demandas foram atendidas pela infraestrutura em nuvem.

De acordo com a previsão do Gartner, já considerando as mudanças no mercado decorrentes da pandemia, a nuvem deve crescer 6,3% em 2020, chegando a um faturamento de US$ 257,9 bilhões.

Os segmentos com maior potencial para crescimento é o de software (SaaS) e infraestrutura (IaaS). Saiba mais a seguir!

Leia também: Serviços de infraestrutura de TI: como aumentar a produtividade da equipe?

O que é uma infraestrutura em nuvem?

A infraestrutura em nuvem consiste na estruturação dos componentes para viabilizar um modelo de computação em nuvem, considerando tanto o hardware quanto o software.

Com isso, a empresa pode ter sua operação rodando remotamente, na qual há uma virtualização dos serviços e recursos que são apresentados aos usuários por meio de interfaces próprias, como aplicativos.

Dessa forma, em vez de uma infraestrutura de TI interna, alocada dentro da empresa, os recursos ficam em servidores e data centers da organização prestadora do serviço.

5 benefícios da infraestrutura em nuvem

A tendência de crescimento da infraestrutura em nuvem, mesmo durante a pandemia da Covid-19, deve-se às vantagens proporcionadas com essa solução, que garante o funcionamento operacional com mais flexibilidade e eficiência. 

1. Redução de gastos

O primeiro benefício a ser destacado da infraestrutura em nuvem é que ela realmente garante redução dos custos, pois não depende de uma estrutura interna que exige investimento, manutenção e atualização.

Na computação em nuvem, os serviços, aplicações, armazenamento e infraestrutura são contratados pela demanda (on demand), garantindo um custo compatível.

2. Escalabilidade

Elencando o tópico anterior, a infraestrutura em nuvem ainda proporciona maior escalabilidade à operação, podendo ampliá-la ou reduzi-la conforme as oscilações do mercado ou de acordo com as necessidades da empresa..

3. Agilidade

Um dos destaques da computação em nuvem é a grande agilidade, pois os recursos são online, garantindo a atualização simultânea para usuários distintos, resgate de informações e monitoramento em tempo real.

4. Flexibilidade

Com a ampliação do home office uma das principais explicações para o crescimento da infraestrutura em nuvem é a flexibilidade da solução.

Os recursos podem ser acessados por dispositivos diversos como computadores, laptops, smartphones, tablets e outros, sendo a exigência apenas a disponibilidade de conexão com a internet. 

5. Modernização

A infraestrutura em nuvem não é um investimento apenas para lidar com o momento de pandemia e home office, mas moderniza a operação da companhia com ganhos após a quarentena e retorno presencial das atividades.

A computação em nuvem já era uma tendência no mundo corporativo devido aos benefícios proporcionados. A pandemia acelerou a transformação digital das companhias, mas com uma modernização da operação que trará solidez e resultados de longo prazo.

Como escolher um serviço em nuvem de qualidade?

A infraestrutura em nuvem deve ser fornecida por uma empresa especializada nesse ramo, com data centers próprios e diversos serviços em nuvem que podem ser integrados para facilitar a operação.

A add it Cloud Solutions é fornece soluções em nuvem e ferramentas específicas para serviços na nuvem híbrida e privada. Entre os diferenciais da companhia destacam-se:

  • personalização do pacote de serviços contratados;
  • 3 data centers, sendo 2 no Brasil e 1 nos EUA;
  • 100% de discos SSD para rápida transferência de dados;
  • monitoramento constante da rede e atendimento 24x7x365;
  • backup de dados;
  • recuperação de desastres.

Com esses diferenciais, a empresa moderniza a operação com a infraestrutura em nuvem, além de garantir serviços ágeis e de qualidade que podem ser implementados a distância.

Quer saber mais? Conheça a nuvem híbrida da add it Cloud Solutions aqui!

Tags:

Comments are closed