Como funciona o armazenamento em nuvem?

A computação em nuvem é uma das tecnologias mais importantes que surgiram na última década. E, apesar do termo ser bem conhecido, ainda há quem tenha dúvidas sobre como funciona o armazenamento em nuvem e quais são seus benefícios.

No Brasil, o uso da cloud computing no meio corporativo vem ganhando cada vez mais espaço. De acordo com a pesquisa da IDC Brasil, no primeiro trimestre de 2020, o setor de armazenamento teve uma receita 48,9% maior do que no mesmo período de 2019.

Pode-se dizer que este crescimento do armazenamento no mundo dos negócios se dá pelas inúmeras formas que a computação em nuvem pode ser implementada nas empresas.

Leia mais: Armazenamento em nuvem para empresas: como garantir segurança cibernética?

O que é armazenamento em nuvem?

Antes de entender como funciona o armazenamento em nuvem, é necessário aprender o conceito básico do que é de fato o cloud computing.

De modo geral, consiste em uma tecnologia que permite o armazenamento e o compartilhamento de dados através da internet. 

Em outras palavras, todo o conteúdo fica guardado em um servidor de alta capacidade e pode ser gerenciado, alterado e disponibilizado através de qualquer dispositivo que tenha conectividade ao universo online.

Leia mais: 5 cuidados ao guardar arquivos na nuvem

Quais são os modelos de uso da nuvem?

Atualmente, os serviços de armazenamento em nuvem são divididos em 3: público, privado e híbrido. Cada um com sua diferente forma de gerenciamento e características diversas quanto a preço, contratação, flexibilidade e escalabilidade.

Confira as principais características:

Nuvem pública

Nuvem pública são ambientes acessados por vários usuários ao mesmo tempo. Geralmente, esse tipo de nuvem possui preços muito reduzidos se comparados com os dois outros modelos, mas isso acontece porque os custos são rateados entre os seus inúmeros usuários.

No entanto, o baixo valor demonstra ser na verdade uma desvantagem, pois, na maioria dos casos, o usuário possui um controle menor ou quase nulo das configurações dos servidores, assim como das políticas de dados e de privacidade. 

Nuvem privada

A nuvem privada é um modelo de cloud computing que geralmente é criada e configurada para a utilização de uma única empresa. 

Voltada para organizações que necessitam de um maior controle sobre sua infraestrutura de TI, ela pode atender diversas filiais ou franquias, ou ser fornecida por um único provedor. 

Neste sistema, a corporação  pode criar e manter ambientes de TI livremente, além de definir regras, políticas de segurança e de privacidade conforme suas necessidades e o perfil da empresa.

Nuvem híbrida

A nuvem híbrida é sistema de gestão de armazenamento que mescla as características da computação em nuvem pública e da privada.

Por sua vez, o principal intuito de extrair as melhores características de cada uma e desempenhar funções particulares dentro da mesma corporação.

Sendo assim, a empresa pode destinar os dados e arquivos mais valiosos para a nuvem privada e alocar as informações e sistemas compartilháveis por meio da nuvem pública.

Por se tratar de um sistema mais flexível, que permite com que a empresa vá ajustando suas necessidades conforme a variação de custos, esta opção tem sido utilizada por organizações de diversos tamanhos e setores. 

Leia mais: Cloud solutions: boas práticas adotadas na migração para a nuvem

Nuvem privada x Nuvem híbrida: quais são as vantagens de cada uma?

Agora que você já sabe como funciona o armazenamento em nuvem nos sistemas híbrido e privado, conheça as vantagens que ambos oferecem e descubra qual se encaixa melhor no seu negócio.

Uma nuvem privada é principalmente indicada para empresas que lidam com muitos dados sensíveis ou para organizações que desejam ter o controle total de toda sua infraestrutura de TI e segurança. Dentre suas principais vantagens, encontram-se:

  • Escalabilidade: acompanha o crescimento da empresa sem causar custos adicionais. E, quem migra para o sistema de nuvem privada, só arca com as despesas dos recursos contratados, evitando a perda de dinheiro com o setor de TI mal direcionado;
  • Flexibilidade: proporciona agilidade nos processos, tornando possível transferir dados da empresa a partir de apenas um tablet ou smartphone de forma prática, contribuindo, assim, com a produtividade e possibilitando o home office;
  • Economia: com esse sistema de nuvem, boa parte dos recursos gastos com TI são descartados, como: atualizações e suportes, serviços de segurança e monitoramento e uso de servidores virtuais;
  • Confiabilidade e segurança: a entrada de terceiros mal intencionados na rede se torna muito mais difícil, gerando mais confiabilidade nos processos;
  • Customização da infraestrutura: seu sistema totalmente customizado de acordo com as necessidades e perfil da empresa, sem limitações.

Já a nuvem híbrida, permite que a empresa seja mais flexível quanto ao compartilhamento de dados e em relação às variáveis financeiras, já que a empresa pode ter um controle maior sobre as despesas com o armazenamento em nuvem. Confira os benefícios:

  • Otimização de custos: a empresa pagará somente o que utilizar da nuvem privada, permitindo um maior controle de orçamento e reduzindo o desperdício de recursos;
  • Mobilidade: com uma maior flexibilidade o compartilhamento de informações, a empresa será capaz de responder mais rapidamente à necessidade de clientes e parceiros sem perder a competitividade;
  • Maior segurança e praticidade: a empresa consegue dar mais proteção aos seus dados sensíveis e, quando se mostrar necessário, mudar com agilidade as regras ou configurações de segurança;
  • Fácil implementação: migrar para o sistema de nuvem híbrida não requer treinamentos ou processos de adaptação. Como todo o fluxo de implantação é virtual, você escolhe o fornecedor e no dia seguinte o sistema já está disponível para a sua equipe;
  • Escalabilidade: é possível adaptar de forma prática o tamanho da sua solução à real necessidade das suas demandas naquele período de tempo.

Leia mais: Tipos de armazenamento de dados: principais diferenças entre a nuvem híbrida e privada

Como escolher o armazenamento em nuvem ideal para a minha empresa?

Mesmo agora que você já sabe como funciona o armazenamento em nuvem e quais são os tipos existentes, escolher o sistema ideal para sua empresa pode não ser uma tarefa fácil. 

Para te auxiliar nessa missão, conheça a add It Cloud Solutions, empresa especialista em solução em nuvens com mais de 20 anos de experiência na área. 

Com nosso atendimento 24x7x365, data centers próprios, escalabilidade nas soluções e projetos personalizados, auxiliamos nossos clientes em todo o processo de implementação e suporte das soluções de cloud computing. Entre em contato e conte com o apoio da nossa equipe!

Tags:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *