ameaças cibernéticas

Uma das maiores preocupações das organizações atualmente é com a segurança da informação. E isso não se dá à toa. As ameaças cibernéticas estão cada vez mais sofisticadas. O que pode trazer prejuízos incalculáveis para as empresas. 

Para você ter uma ideia, segundo pesquisa da Kaspersky, cerca de 30% dos computadores do mundo passaram por pelo menos um ciberataque. Tais riscos se deram por meio de vírus ou invasões a partir de falhas nos sistemas.

O fato é que as organizações que não estiverem protegidas contra uma série de ameaças cibernéticas podem ter os resultados seriamente comprometidos. Até porque, a partir de 2020, entra em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que aplicará multas de até R$ 50 milhões para quem descumprir as regras.

Conheça as principais ameaças cibernéticas 

Para criar mecanismos de segurança eficientes dentro de uma organização, é importante conhecer as ameaças cibernéticas mais comuns.

– Rasomware

Segundo o levantamento da Kaspersky, um dos ataques que mais cresceu em 2018 foi o chamado ransomware. Houve um aumento de 43% nestes incidentes em apenas um ano.

Mas como ocorre este tipo de ataque? Trata-se de um código malicioso que impossibilita ao usuário acessar determinadas informações de computadores ou celulares por meio da criptografia. Nesse caso, os criminosos normalmente pedem um resgate, ou ransom, para disponibilizar o acesso de volta. 

– Backdoors

Outra ameaça cibernética em crescimento são os backdoors. O número de crimes utilizando esse tipo de malware cresceu 44% entre 2017 e 2018. Para aplicar os golpes, são desenvolvidos uma série de softwares maliciosos que facilitam o acesso remoto a redes ou sistemas infectados. 

Com isso, é possível explorar falhas não documentadas, sistemas desatualizados e firewall desativado.

– Phishings

Apesar de não serem novidades, os phishings também são ameaças cibernéticas muito comuns. Por meio de uma engenharia social, os fraudadores enganam os indivíduos para conseguirem informações pessoais. 

Para isso, podem se utilizar de logomarcas de empresas, links de aparência realista e outras estratégias. Estima-se que cerca de 30% dos pishings são abertos pelos usuários.

Como proteger os dados de uma empresa?

Nesse cenário, você pode notar o quanto é importante desenvolver ações de segurança da informação em uma empresa. Porém, nem sempre isso é uma tarefa possível de ser realizada internamente, já que é preciso atualizar os sistemas de forma constante. Como é de se imaginar, isso pode ser tornar oneroso.

Desse modo, é possível contar com o auxílio de empresas especializadas na proteção de dados e segurança da informação. Mais do que isso. Parceiros confiáveis são essenciais para fornecer o monitoramento e gerenciamento proativos da segurança.

A add it Cloud Solutions oferece várias soluções de segurança flexíveis e fáceis de gerenciar, que podem ser adaptadas a redes de todos os tamanhos e complexidades. 

Ao contratar o Serviço Gerenciado de Segurança, as empresas não precisam realizar investimentos na aquisição de equipamentos ou softwares. Assim, é possível eliminar investimentos que se tornam obsoletos rapidamente. 

Entre as principais vantagens da solução, estão:

      ●  Aumenta a disponibilidade dos negócios;

      ●  Relatórios semanais de gestão do ambiente;

      ●  Continuidade dos negócios com soluções em HA;

      ●  Aumenta a segurança das informações;

      ●  Foco no core business;

      ●  Contratação como serviço;

      ●  Pagamento sobre demanda;

      ●  Atualização tecnológica constante prevista em contrato.

Quer proteger a sua organização contra ameaças cibernéticas para garantir a segurança e a continuidade da operação? Então, entre em contato com um dos especialistas agora mesmo!

Tags:

Comments are closed