Nuvem para o setor agro

O agronegócio é um setor estratégico na economia nacional e tem investido mais em tecnologias para manter-se internacionalmente competitivo. Entre as inovações, destacam-se automação, robotização e infraestrutura em nuvem.

Mesmo com a pandemia da Covid-19 apresentando desafios à produção e logística, o CEPEA estima que houve um crescimento de 4,62% de janeiro até maio de 2020 no setor agro em comparação com 2019, que apresentou crescimento anual de 3,8%, representando 21% do PIB brasileiro, segundo a CNA.

Para 2020, principalmente em decorrência dos desafios decorrentes da pandemia, a estimativa do Ipea é de crescimento de 1,5% para o PIB do setor agropecuário

O destaque do agronegócio, mesmo diante de um cenário de recessão em outros setores, deve-se, entre outros fatores, ao investimento acertado em tecnologia

Quais os benefícios da infraestrutura em nuvem?

O setor do agronegócio precisa lidar com um aumento da demanda internacional somado à maior pressão pelo uso inteligente dos recursos visando à preservação ambiental e eficiência produtiva.

Nesse cenário, os produtores têm recorrido às inovações tecnológicas como a infraestrutura em nuvem para assegurar esses resultados. Conheça 7 vantagens dessa solução a seguir!

1. Inovação em todos os fluxos de produção

Um dos temas mais abordados atualmente é a agricultura de precisão, que viabiliza um uso mais racional de recursos naturais e insumos por meio da união de técnicas específicas e ferramentas tecnológicas.

Com a infraestrutura na nuvem todos os fluxos da produção podem ser planejados e gerenciados de forma centralizada, garantindo a otimização almejada.

2. Maior eficiência e produtividade da operação

A eficiência e aumento da produtividade no setor agro estão diretamente relacionadas à incorporação de tecnologias como a Internet das Coisas (IoT), que demanda um investimento em nuvem para um operação mais acertada.

Entre os dispositivos inteligentes já usados no agro gerenciados por meio de uma infraestrutura na nuvem, destacam-se:

  • monitores sensíveis para avaliar as características do solo;
  • aplicação inteligente de água e nutrientes em cada trecho;
  • sensores de monitoramento de rebanhos;
  • controle das características do solo, como umidade.

Portanto, a operação no setor agro está cada vez mais inteligente e incorporando recursos que viabilizam reduzir custos e insumos ao mesmo tempo em que aumenta a produção.

3. Diminuição de erros e retrabalhos

No setor agro, os erros operacionais ou que demandam retrabalho podem custar mais que o tempo da equipe e comprometer partes da produção ou do processo logístico.

Com a infraestrutura na nuvem, que viabiliza o controle da operação e da gestão em todo o terreno, esses riscos são mitigados e transformados em oportunidades de otimização e aprimoramento.

4. Segurança cibernética

Negócios de diferentes setores precisam estar atentos às soluções de segurança cibernética para evitar vazamentos de dados, ataques de hackers ou problemas operacionais que ameaçam informações sensíveis.

A infraestrutura em nuvem torna essa estratégia mais robusta e eficaz, minimizando as chances de problemas decorrentes das vulnerabilidades cibernéticas que, no setor agro, podem comprometer a logística, expansão em novos mercados e a confiança do consumidor.

5. Permite escalabilidade e personalização

Mesmo um segmento que não lida diretamente com o consumidor final deve investir em personalização das soluções para garantir diferenciais competitivos relevantes ao posicionamento da marca no mercado nacional e internacional.

Somada à personalização, as empresas conseguem aumentar a escalabilidade da operação, oferecendo um suporte mais acertado para parceiros de negócios, o que garante a expansão das vendas sem comprometimento da qualidade do processo.

6. Reduz custos

Independentemente do segmento, a tecnologia reduz custos operacionais e a infraestrutura em nuvem, por viabilizar a gestão centralizada, é chave para essa reformulação da operação

Por exemplo, com sensores de monitoramento da qualidade do solo, os especialistas identificam a quantia exata de nutrientes a ser usada para garantir melhores resultados na produção, evitando tanto o uso demasiado e desperdício de insumos, quanto o não desenvolvimento do plantio. 

7. Prepara as empresas para o futuro

Empresas de todos os segmentos devem estar preparadas para o futuro próximo que envolve a reformulação de processos para otimização dos resultados, melhor desempenho comercial, transparência e efetividade.

O investimento tecnológico é central para que os resultados almejados sejam alcançados, o que inclui também a definição de parceiros estratégicos.

A adoção da infraestrutura em nuvem, por exemplo, deve ser planejada, migrada e gerenciada por uma empresa experiente em tecnologia em nuvem, o que vai garantir resultados mais satisfatórios com o investimento.

A add it Cloud Solutions é uma empresa especializada em soluções em nuvem, podendo atender diferentes demandas da transformação digital do setor agro.

Quer saber mais? Conheça as nossas soluções em nuvem aqui!

Tags:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *