desktop virtual

Os desafios relacionados à pandemia da Covid-19 levaram muitos gestores a avaliar novas possibilidades de trabalho para viabilizar o home office. Neste cenário, os gestores identificaram o desktop virtual como uma opção efetiva.

Segundo pesquisa da Gartner, cerca de 81% dos colaboradores estão atuando em home office durante a pandemia. No entanto, gestores já apontam que o trabalho remoto também deve tornar-se mais comum no pós-quarentena.

Entre as razões para essa mudança, está a exigência, ainda por algum tempo, de que haja o distanciamento social, assim como a necessidade de reduzir custos operacionais e ter soluções eficazes às demandas do trabalho remoto, como o desktop virtual.

Veja mais: Como otimizar o trabalho remoto com o software para home office?

9 razões para adotar o desktop virtual na sua empresa

O desktop virtual consiste em um software em nuvem que viabiliza o acesso remoto dos profissionais aos dados, plataformas e soluções para execução das atividades corporativas.

A virtualização apresenta uma série de benefícios às empresas que devem mapear e avaliar essas vantagens para planejar a modernização. Saiba mais!

1. Eliminar os desafios do desktop físico e laptop

A manutenção e atualização de diferentes equipamentos como desktop e laptop, principalmente em um momento de home office, apresenta enormes desafios logísticos e financeiros.

A virtualização elimina a necessidade dessas atualizações de software, fazendo com que haja uma redução de custos operacionais.

2. Habilitar o BYOD

Anteriormente, o bring your on device, que consiste no uso de aparelhos pessoais dos colaboradores, já era uma necessidade. Com o trabalho remoto, essa prática tornou-se mais latente.

O desktop virtual habilita a realização do BYOD, mas garantindo um isolamento seguro dos aplicativos e dados da empresa das demais atividades realizadas pelo usuário, viabilizando a mobilidade e flexibilidade da solução com segurança.

3. Manter o controle total

Com a virtualização, os gestores mantém o controle dos processos realizados em home office e mesmo na própria empresa, promovendo a integração e compatibilidade entre os departamentos.

4. Remover a barreira de experiência

Uma única aplicação utilizada por todos os colaboradores em um ambiente virtual seguro é essencial para que a experiência do usuário não seja um limitante no desenvolvimento das atividades.

Leia mais: Como preparar a TI da sua empresa com plano de continuidade de negócios e recuperação de desastres

5. Superar limitações geográficas

A mobilidade proporcionada pelo desktop virtual favorece o home office, mas também outras atividades cotidianas da empresa, como viagens de negócio e reuniões externas. 

Mesmo que essas situações não sejam comuns no momento, em breve com a retomada da economia, tais práticas serão exercidas constantemente pelos funcionários e com o benefício do desktop virtual.

6. Migrar para a nuvem

A migração para a nuvem já era uma tendência mesmo antes da pandemia de coronavírus, mas o novo cenário global revelou aos gestores a importância e urgência dessa migração.

Com os dados, softwares e serviços em nuvem, é possível manter as atividades mesmo a distância, torná-las mais ágeis, dinâmicas, integradas e em tempo real em toda a companhia.

Veja também: 5 principais dificuldades na implementação da nuvem privada

7. Aumentar a segurança

A segurança da informação é um componente central na avaliação de qualquer solução de grande impacto na empresa, como a migração para o desktop virtual.

Afinal, é preciso garantir níveis elevados de segurança com camadas de proteção, personalização dos acessos, criptografia, entre outras técnicas. Neste caso, o recurso do desktop virtual cumpre bem os requisitos.

8. Foco na demanda dos usuários

A adoção do desktop virtual permite que a equipe de TI seja mais produtiva e desenvolva atividades mais estratégicas por não precisar lidar com demandas rotineiras dos usuários que não agregam ao crescimento do negócio.

Portanto, há uma centralização da gestão de recursos e simplificação no monitoramento das atividades.

9. Ganho de escalabilidade

Um dos principais elementos do desktop virtual é viabilizar a escalabilidade da empresa sem exigir investimentos fora das possibilidades atuais, pois o custo refere-se apenas o que usar.

Dessa forma, uma empresa com 10 colaboradores e outra com 50 profissionais podem usar soluções personalizadas ao seu tamanho e ampliar o serviço conforme a necessidade.

Saiba ainda: Como desenvolver uma política de virtual desktop workspace na sua empresa e garantir a produtividade no trabalho

Como escolher um desktop virtual?

A escolha deve considerar se a solução garante os benefícios mencionados anteriormente, além de contar com a avaliação do sistema fornecido e também da empresa parceira.

A add it Cloud Solutions é especializada em soluções em nuvem e disponibiliza o desktop virtual workplace – um ambiente virtualizado que pode ser personalizado às necessidades da empresa e dos colaboradores.

Com a solução, além de viabilizar a produtividade no trabalho remoto, a empresa alcança mais estabilidade operacional, redução dos custos, mobilidade e segurança.

Quer saber mais sobre o desktop virtual workplace? Confira aqui!

Tags:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *